Blog Viver

Treinamento: Visões Sistêmicas e Presença para a Formação da Integridade Terapêutica



No dia 12/12/2019, fizemos mais um treinamento vivencial intenso, que nos fazem refletir, sentir e questionar nosso papel no mundo. O orgulho de cada um e do caminho corajoso que dia após dia escolherem continuar se faz ainda mais forte no fechamento de um ciclo longo, cuidadoso, mas sobretudo prazeroso. Ao longo de 12 meses, mensalmente e às vezes até duas vezes por mês, nos encontramos para aprender, para ensinar, nos aperfeiçoar, reciclar e sobretudo nos tornarmos pessoas melhores, para melhor entendermos as outras pessoas.


Obrigada pela entrega e confiança de cada um. Saibam que não estamos juntos por coincidência do destino, e que muitos de nós fomos profundamente tomados a serviço da vida e para isso precisamos nos preparar com coragem e humildade para firmamos nosso papel no mundo.





Com muita união, amor e gentileza levantaremos bandeiras, que se resolvidas nos libertarão de muitas coisas, e assim mudaremos o mundo, o nosso, o de quem está em volta e o de quem topar seguir nesta trilha árdua e colorida que é dizer SIM pra vida, apesar dos nossos machucados. Abaixo um texto do Bert, para vermos e confirmamos que não estamos sós:

- - -


Ovelhas negras:


As chamadas “ovelhas negras” da família são, na verdade, caçadores natos de caminhos de libertação para a árvore genealógica.


Os membros de uma árvore que não se adaptam às normas ou tradições do sistema familiar, aqueles que desde pequenos procuravam constantemente revolucionar as crenças, indo em contravia dos caminhos marcados pelas tradições familiares, aqueles criticados, julgados e mesmo rejeitados, esses, geralmente são os chamados a libertar a árvore de histórias repetitivas que frustram gerações inteiras.


As “ovelhas negras” as que não se adaptam, as que gritam rebeldia, cumprem um papel básico dentro de cada sistema familiar, elas reparam, apanham e criam o novo e desabrocham ramos na árvore genealógica.


Graças a estes membros, as nossas árvores renovam as suas raízes.


Sua rebeldia é terra fértil, sua loucura é água que nutre, sua teimosia é novo ar, sua paixão é fogo que volta a acender o coração dos ancestrais.


Incontáveis desejos reprimidos, sonhos não realizados, talentos frustrados de nossos ancestrais se manifestam na rebeldia dessas ovelhas negras procurando realizar-se.


A árvore genealógica, por inércia, quererá continuar a manter o curso castrador e tóxico do seu tronco, o que faz a tarefa das nossas ovelhas um trabalho difícil e conflituoso.


No entanto, quem traria novas flores para a nossa árvore se não fossem por elas?

Quem criaria novos ramos?


Sem elas, os sonhos não realizados daqueles que sustentam a árvore gerações atrás, morreriam enterrados sob as suas próprias raízes.


Que ninguém te faça duvidar. Cuida da tua “raridade” como a flor mais preciosa da tua árvore. Tu és o sonho de todos os teus antepassados.


Continuem caminhando!

0 visualização

Fique por dentro!

Entre

em Contato

71 3021 -1314

contato@habilidadesparavida.com.br

R. Solimões, 146 - Stiep CEP: 41.770-090 - Salvador, BA

2019 © Viver - Instituto de Habilidades para Vida  -  Todos os direitos reservados  -  Criado e desenvolvido por Cicero Villas-Bôas